As redações de leste a oeste – o texto dissertativo

como fazer um texto dissertativoAs redações devem ser pensadas em uma primeira perspectiva no assunto que deve ser abordado. A introdução deve ser desenvolvida com base no tema que irá ser desenvolvido. Por exemplo, em um ambiente mais internacional, sabemos que imigração ilegal é um problema para os Estados Unidos. Os outros países sofrem também como a França e a Alemanha. Mas como combater essa questão? Essa pode ser a pergunta central de como fazer um texto dissertativo. Um tipo de argumentação poderia ser: Através de políticas que invistam na infraestrutura dos países não desenvolvidos. Essas políticas devem levar em conta a educação, o ensino, a redução da violência e a saúde geral das pessoas. Esse tema é um pouco complexo para quem está começando a escrever agora, mas mesmo assim isso não significa que você não possa criar a redação. Vamos focar em outro ponto então, o desenvolvimento.

Para o desenvolvimento do texto é importante que o estudante observe os seguintes aspectos:

Coesão: é a parte do texto que trata das questões ortográficas, de pontuação e colocação das frases. As redundâncias, e ideias equivocadas também são tratadas nesse tópico. A coesão também lida com a correta gramática e colocação dos adjuntos, verbos, locuções adverbiais e adjetivos.

Coerência: é a parte do texto que considera a questão lógica das ideias desenvolvidas em geral. Da conexão das frases até a sequência correta de argumentos e ponderações. A coerência pode aniquilar a nota de um estudante no vestibular se não for bem desenvolvida. Para mais detalhes veja neste artigo: como ir bem na redação.

Iremos dar um exemplo de uma frase ontem falta coerência: “o sol está quente nesse dia de inverno”, “ele de tanto que a amou a deixou”. A falta de coesão revela-se na perda de acentos e em uso inapropriado de letra maiúscula e palavras. Nunca faça um texto sem ponderar esses fatores na hora de escrever. É muito comum os estudantes começarem a escrever sobre um assunto e mudarem ou fugirem do tema de repente (sem preparar o leitor previamente para tal mudança). Isso é um erro que compromete sua nota. O corretor do texto dissertativo espera que você use bons argumentos, não que use tentativas inúteis de colocar aspectos não solicitados na abordagem.

Concluindo

A conclusão deve ser desenvolvida de modo que o leitor esteja convencido dos argumentos que o escritor encadeou. Ela deve ser sucinta e clara, não ambígua. A opinião do escritor deve ser clara e deve levar em conta todos os pontos de vista e relatórios escritos sobre o assunto. Os professores de redação devem estar atentos em suas correções para esse tipo de erro. Não se pode deixar um texto seguir rumos não previamente estabelecidos no edital da banca examinadora. Os tópicos precisam estar organizados, ordenados numericamente durante o rascunho, e passados a limpo com clareza, fazendo junto uma revisão completa sobre o material.

Quando o estudante passa seu esboço a limpo, acaba retornando àquela tentativa de fazer o mais rápido que conseguir, mas isso pode atrapalhar sua atenção. Não tente fazer algo além do que você consegue. Acredite no seu potencial, mas não superestime sua capacidade de ter atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *